Notícias

Estande da IOEPA leva arte e cultura à Festa Literária
09/11/2019


A Festa Literária, programação que faz parte das ações da 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, chega a Santarém. A programação ocorre entre os dias 9 e 17 de novembro e terá a participação da Imprensa Oficial do estado do Pará (Ioepa), que montou um estande de 30 m². O espaço abrigará atividades educativas, lançamento de obras e prestação de serviços. A equipe de montagem fez os últimos ajustes nesta sexta-feira, 8 de novembro.

“A Ioepa vem para a Festa Literária de Santarém com um estande ambientado para receber os santarenos com vasta atividade. Teremos o lançamento de obras e a ideia é a divulgação dos nossos serviços, apresentando para a sociedade, fazendo contatos com prefeituras dos municípios da região, mas também com o cidadão comum”, destaca Helena Nahum, diretora de Documentação e Tecnologia da Ioepa.

A Imprensa Oficial traz para a cidade o projeto Portal do Conhecimento, que trabalha a política de acesso ao livro e à leitura, por meio da doação de obras, sensibilizando os estudantes para o contato com a literatura, aproximando o escritor do público estudantil. Jogos de mesa, tatame e um varal para atividades estarão à disposição do público infanto-juvenil.

“Tupaiulândia” - A prestação de serviços como o fomento à criação de Diário Oficial para os municípios e a Certificação Digital também estarão presentes. O estande contará também com o lançamento de obras de autores paraenses, entre elas o livro de Haroldo Maranhão, “Flauta de Bambu”, que marcou a criação da editora pública Dalcídio Jurandir.

O estande da Ioepa fará o lançamento da quarta edição do livro “Tupaiulândia”, do historiador Paulo Rodrigues dos Santos, no dia 16 de novembro. O livro foi impresso pela Ioepa. Também no dia 16 haverá a apresentação do edital Prêmio Literário Dalcídio Jurandir 2019, que está com suas inscrições abertas (www.ioepa.com.br) até o dia 13 de dezembro. Os livros “Pastoral do Menor”, do Irmão Ronaldo David Hein” e “Terra Preta”, de Edvaldo Pereira, ambos de Santarém serão relançados na Festa Literária.

A 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes passou por diversas reformulações para torná-la mais inclusiva para a edição 2019, consolidando-se como um espaço de luta e construção de identidades para um lugar de fala. “A mudança foi muito significativa porque possibilitou uma participação mais ampla do público a partir das multivozes e diversidades. Isso é muito importante e o público pode se sentir acolhido neste espaço”, conclui Helena Nahum.

Infraestrutura - A Festa Literária de Santarém é uma parceria do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e prefeitura do município, integrando as políticas públicas de fomento ao livro, à leitura e à difusão das linguagens e expressões culturais e artísticas. A ação a tem o apoio da Ioepa e da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa).

Instalada em uma área de mais de 3.600 mil metros quadrados, a Festa Literária terá 43 estandes – sendo 23 do Estado do Pará e 20 de outros estados. Ao todo receberá mais de 80 toneladas de livros e cerca de 30 mil títulos expostos, que estarão representados por 150 editoras. A expectativa é que mais de 70 mil pessoas passem pela Festa Literária nos nove dias de evento.

Texto e fotos: Weldon Luciano

Fonte: