Notícias

Clássicos da literatura mundial atraem público infantojuvenil ao estande da Ioepa na Festa Literária de Santarém
12/11/2019


Presente na Festa Literária de Santarém, o projeto “Portal do Conhecimento” promove no estande da Imprensa Oficial do Estado do Pará (Ioepa) um espaço lúdico com atividades de pintura e contação de histórias. Nesta segunda-feira, 11 de novembro, o público infantil foi recebido com narrativas conduzidas por Francisco Egon, profissional que atua há 16 anos na área. Pais e filhos tiveram a oportunidade de recordar e se encantar com os grandes clássicos da literatura infantojuvenil, como o “Pinóquio”, “Alice no País das Maravilhas” e “Peter Pan”.

“A contação de história é uma arte. Nessa perspectiva, ela tem uma técnica própria, uma essência de arte com a palavra. Desenvolvemos com as crianças e até mesmo com a participação de alguns pais. Estamos utilizando tanto livros quanto objetos e simples narrativa. Não é um trabalho com caracterização de personagem, mas há um avivamento dessa narrativa. Vamos levar essa atividade até o fim do evento”, ressalta o contador.


Para Egon, mais do que hábito, a leitura deve ser encarada como uma necessidade, porque a vida é mais completa quando o indivíduo tem acesso aos livros. “No meu trabalho didático eu defendo que esse seja um momento vivo emocionalmente e isso é mais do que ser lúdico. Conseguir transmitir emoções, a fantasia e a fabulação, significa lidar com todos esses sentimentos ao mesmo tempo. É muito bom realizar esse trabalho de uma forma em que as crianças se espantem, emocionem-se e vivam todos esses sentimentos. Os pais precisam participar e incentivar desses momentos, pois isso torna as experiências de vida mais completas”, conclui.


Portal do Conhecimento- A contação de histórias faz parte das atividades do projeto que pretende fomentar, apoiar e ampliar ações que promovam a leitura. A iniciativa conta também com atividades nas escolas, centros comunitários e até mesmo hospitais, valorizando o conhecimento. O Portal também arrecada livros e promove a doação do material levando cidadania para grupos que estejam em situação de vulnerabilidade social.


Texto e fotos: Weldon Luciano

Fonte: