Notícias

Ioepa lança livro "Tupaiulândia" em Santarém
17/11/2019
Weldon Luciano
Lançamento do livro "Tupaiulândia" em Santarém
Weldon Luciano
Weldon Luciano
Ao centro, o presidente da Imprensa Oficial, Jorge Panzera


Quarenta e sete anos depois de sua última edição, uma das obras mais importantes sobre a história de Santarém, o livro "Tupaiulândia", de Paulo Rodrigues dos Santos, falecido ainda anos 70, foi destaque na Festa Literária de Santarém, na noite do sábado (16), quando a Imprensa Oficial do Estado do Pará (Ioepa) fez o lançamento da 4ª edição da obra, o livro foi relançado 47 anos após sua primeira publicação.

A ocasião contou com a participação do secretário regional do Tapajós, Henderson Pinto; do secretário municipal de Cultura, Luís Alberto Figueira; do presidente da Ioepa, Jorge Panzera; e do pesquisador Cristovam Sena, mantenedor do Instituto Cultural Boanerges Sena (ICBS). Além do público em geral, o músico santareno Sebastião Tapajós também esteve presente ao evento de lançamento da obra de Paulo Rodrigues dos Santos. A Festa Literária de Santarém faz parte da 23ª Feira do Livro e das Multivozes e se encerra neste domingo (17).

De acordo com Jorge Panzera, a Ioepa identificou a necessidade de publicar mais livros das regiões para que eles possam fazer parte das festa literárias pelas cidades do Estado. “Decidimos que em cada uma das festas literárias a gente teria o lançamento de um livro que fosse significativo para a história e a cultura de cada uma dessas regiões. E foi assim que decidimos pela publicação do 'Tupaiulândia' que, em sua primeira edição foi justamente publicado pela Imprensa Oficial do Estado. Então, decidimos fazer a parceria com o Instituto Cultural Boanerges Sena, que foi quem publicou a última edição, para viabilizar uma nova edição. É um presente para Santarém, que é uma das cidades mais importantes do nosso Estado”, observou Jorge Panzera.

A última edição, lançada em 1999, foi realizada pelo ICBS. Fora de catálogo nessas duas décadas, a obra só pôde ser consultada em bibliotecas ou acervos particulares. Com o lançamento da nova edição, um número maior de pessoas pode fazer a aquisição de um exemplar, possibilitando um acesso maior ao público. “A satisfação é constatar que, quando se quer concretizar uma ideia e juntam-se os atores principais nessa confecção, as coisas acontecem. O 'Tupaiulândia', nessa quarta edição, é um trabalho conjunto do ICBS com o município e com o Estado. O projeto de resgatá-lo é fundamental e, queira Deus, outros projetos conjuntos possam vir para engrandecer nossa cultura local”, disse Cristovam Sena.

História e cultura - É uma das principais obras que contam a história do município fundado em junho de 1661, pelo padre jesuíta de Luxemburgo, João Felipe Bettendorff. Publicado originalmente em 1972, ganhou outras edições em 1974 e em 1999. Foi o resultado de mais de 40 anos de anotações e pesquisas do escritor Paulo Rodrigues dos Santos, falecido ainda anos 70, mas que deixou um profundo legado para a memória e cultura local.

Texto: Weldon Luciano
Fotos: Ângela Cunha Secult/Pa

Fonte: