Notícias

Escritora Márcia Kambeba em ação do Portal do Conhecimento
12/11/2019
Weldon Luciano
Escritora Marcia Kambeba
Weldon Luciano
Weldon Luciano
Weldon Luciano


A escritora Márcia Kambeba esteve em Santarém, nesta terça-feira (12) e participou da ação do projeto Portal do Conhecimento realizada na Escola Estadual de Ensino Médio Maestro Wilson Dias da Fonseca. Na ocasião, ela interagiu com um público juvenil, recitou e ouviu alguns alunos recitarem seus poemas, cantou e contou sua história e da etnia Omágua/Kambeba que tenta resistir ao preconceito e ao processo de aculturação. A noite, ela esteve no estande da Imprensa Oficial do Estado do Pará (Ioepa), na Festa Literária da cidade.

“Estou muito feliz de estar em Santarém e poder ter esse contato com turmas do ensino médio e ser sabatinada com perguntas interessantes e construtivas, o que mostra que eles tem uma curiosidade e preocupação. Foi muito bom ouvir meus poemas e saber que a escola se preocupa com o saber indígena. Ver que ele adentra a sala de aula é fundamental. Agradeço a 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes por dar esse lugar de fala para os povos indígenas para que a gente possa ecoar com maracás, tambores e a nossa ancestralidade.

Márcia nasceu numa aldeia Ticuna, onde viveu até os nove anos de idade, quando se mudou com a família para São Paulo de Olivença. Graduou-se em Geografia pela Universidade do Estado do Amazonas (Uea) e concluiu o mestrado pela Universidade Federal (Ufam). Como poeta, sua obra mostra semelhanças com a literatura de cordel e reflete a violência contra os povos indígenas e os conflitos trazidos pela vida na cidade.

Para Pamela Matos, de 15 anos, o encontro com a escritora trouxe bastante aprendizado e contribuiu ainda mais para o estudo dos povos indígenas no Brasil. “Aprendi muita coisa sobre a cultura indígena. Sobre a questão do respeito as diferenças, que é muito importante e sobre a história da escritora, de quem eu virei fã. Ela é uma mulher muito emponderada e me inspirou a aprender mais sobre a cultura indígena”, concluiu a aluna do primeiro ano do educandário visitado.

Rede de apoio - A função do Portal do Conhecimento é fomentar, apoiar e ampliar, cada vez mais as redes comunitárias, levando a promoção da leitura com atividades nas escolas, centros comunitários e até mesmo hospitais, valorizando o conhecimento. O projeto fomenta também a doação de livros durante a realização da 23ª Feira Pan Amazônica do Livro e Multivozes. A iniciativa é realizada pela Imprensa Oficial do Estado do Pará (Ioepa).

Nas escolas- Durante as ações, um autor visita a escola e interage com o público falando de suas obras, referências e inspirações. No dia 13 de novembro, será a vez do Colégio Álvaro Adolfo, no bairro Santa Clara, com a participação da escritora Wanda Monteiro. No dia 14, a escritora Terezinha Amorim será a homenageada, na escola Aluízio Lopes, no bairro Maracanã.

Texto e fotos: Weldon Luciano

Fonte: